segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Maternal I: Família e escola, dobradinha que dá certo!


Em 2013 o Maternal I da Educação Infantil do CLQ ganhou novo espaço de 1.600 metros. Com área externa, jardim, parquinho coberto e aberto, sala de música, de livros, de atividades, banheiros novíssimos, e tudo mais que a criançada recém chegada à escola precisa e merece.

Para trabalhar nesse local especial, a professora e suas quatro auxiliares orquestraram um grupo de 25 alunos. Luciana Borsato, explicou que o objetivo maior foi desenvolver a sensibilidade e os cinco sentidos dos alunos. “O cheiro da chuva na terra, as folhas balançando com o vento, usar o troco da árvore para pinturas, usar objetos do dia a dia para desenvolver as atividades como pintar com vassouras, tudo isso aconteceu naturalmente. Para tudo, tentamos usar o novo espaço da melhor maneira. E foi demais! Ficamos todos muito satisfeitos com o resultado”, contou Lu.

Anne, mãe do Leo, estava encantada com o desenvolvimento do filho. “Ele tem só dois anos e chega em casa falando, por exemplo, sobre reciclagem. Alegre, conta como foi o dia. Tenho certeza que acertei na escolha da escola para meu filho. Primeiro me encantei pelo verde, pela grama, pelo espaço do sol, da areia... Hoje é muito nítido como ele cresceu. Ver ele pedindo para ir para a escola é sem dúvida muito bacana.”

Para coroar o ano letivo de 2013, os pais foram convidados a vivenciar uma tarde das atividades que os pequenos fazem na escola. Foi uma grande diversão! Divididos em três grupos, pais e filhos tiveram juntos, momentos inesquecíveis na última sexta-feira, dia 13 de dezembro.
Michele, mãe da Nina, comentou que participar da aula de música com a filha foi muito especial. “Sem dúvida é a atividade que mais gosta. Ela sempre fala da aula da tia Nádia. E estar aqui hoje, vivendo isso com ela é muito importante.”

Já Vanessa, mãe da Helena, sua terceira filha na escola, diz que a tarde de sexta-feira, foi sem dúvida comemorar um ano tão marcante na vida da pequena. A mamãe destacou a sensibilidade de acolhimento e orientação das crianças. “É impressionante como as professoras entram na vida dos nossos filhos e nas nossas também. Ela foram demais! E, pedagogicamente, o cuidado e a dedicação delas foram incríveis. Eu só tenho a agradecer de coração por tudo!

Depois de “colocar a mão na massa” com o filho Luca, Flavia contou que seu pequeno chegou na escola bem tímido e hoje é nítido o desenvolvimento na socialização dele. Destacou também as atividades de coordenação motora e o convite para passar a tarde na escola. “Para as crianças, ter o pai e a mãe juntos, gera autoconfiança. Além de ser muito legal ver a autonomia deles nos mostrando cada cantinho da escola. Eles se sentiram valorizados e seguros! E isso é de extrema importância na vida da criança. Parabéns para toda a equipe!”, finalizou Flavia.

Depois das atividades pais, filhos e equipe pedagógica confraternizaram em um lanche que relembrou as atividades de culinária, também muito destacadas por todos. Andrea, mãe da Julia, não conseguiu segurar as lágrimas. “Eu não tenho palavras! Essa equipe é referência! Eu vejo na minha filha cada professora dela enquanto ela brinca de boneca, de escola e etc. A proposta pedagógica foi excelente e cumprida! Eu sou fã mesmo! Pena que nossos filhos crescem... Muito obrigada! Meu coração está apertado!”, explicou Andrea, emocionada.

A equipe pedagógica do CLQ agradece a confiança durante o ano. “Eu amo o que eu faço. Cada turma minha que passa deixa um pedaços deles comigo e leva um pedaço de mim com eles... Queria agradecer todo o carinho e apoio desses pais durante o ano. Sem eles nenhum trabalho é tão completo. A parceria foi fundamental para o sucesso desse ano. Muito obrigada! Já estou com saudades de todos!”, completou a professora Lu Borsato.


































Um comentário:

  1. Que saudades desse time de professoras, dessa tarde maravilhosa que integrou família, queridos alunos e professoras!! Parabéns equipe pelo excelente trabalho!! Humano, carinhoso e profissional!! Ane, mãe do Léo, que hoje está no G3.

    ResponderExcluir