domingo, 26 de julho de 2015

Pequenos detetives, grandes descobertas!


“A riqueza das possibilidades de explorações e descobertas depende também da capacidade do educador de inventar, imaginar, projetar, colaborar, realizar, variar, elaborar, arriscar, perseguir e impregnar as coisas de sentido...” (Ritscher)


Para um educador conseguir “impregnar as coisas de sentido” ele precisa, acima de tudo, da pureza e da receptividade do aluno. No nosso caso, das crianças.
E o último dia do Plantão de Férias não podia ser diferente... Repleto de olhares curiosos, sorrisos contagiantes, surpresas e descobertas.  Um dia de mistério que começou com o sumiço da nossa caixa de palhaços feitos no dia anterior.
Toda investigação precisa de um detetive, todo detive precisa de uma lupa. Toda criança precisa de liberdade para criar e imaginar...



Como vamos resolver esse mistério? Precisamos da ajuda de um detetive... Com um chamado no rádio, ele apareceu: o detetive misterioso que nomeou a todos como detetives mirins para ajudar no caso do sumiço dos palhaços.







Na caixa onde estavam os palhaços, apenas penas... O que será que isso quer dizer?
Passarinho? Pomba?
Ah! Galinha! Tem uma pista no galinheiro!


Mas no galinheiro encontramos apenas um "Minion", segurando uma banana! 

O que será que isso quer dizer?
Filme? Cinema?
Não! Banana, bananeira!
Onde tem bananeira no Colégio? No meio do jardim! 
Mas na bananeira não tinha nem bananas e nem os palhaços. Outro "Minion", segurando um livro! O que será que isso quer dizer?


Livro? História?
Ah! Biblioteca! O nosso tesouro só pode estar na biblioteca!
Mas na biblioteca, além dos nossos livros, encontramos outro "Minion" segurando uma bola! O que será que isso quer dizer?



Futebol? Brincadeira?
Ginásio de esportes!
Mas no ginásio não tinha nada, além de muitas bolas... E uma delas é especial, disse o detetive. Uma bola tem a pista do nosso tesouro!
Com muita correria e alegria, a bola foi encontrada. E nela a última pista: Sigam os balões amarelos!




E pelos corredores eles foram à busca dos balões amarelos e chegaram ao auditório. No auditório? 





Não, na casa da Agnes e dos Minions. Muito silêncio e atenção, pois o dono da casa não gosta de barulho!



Olhares atentos e curiosos, eles foram logo perguntando ao Gru, que de malvado não tinha nada:
- Você que escondeu os nossos palhaços?



E o Gru, com uma gargalhada muito engraçada, respondeu que sim! Mas que queria fazer uma surpresa!



E fez mesmo! Encheu os nossos potes de guloseimas e preparou uma linda festa para encerrar o nosso Plantão de Férias, que terminou com essa e muitas outras descobertas!


Confira o vídeo do nosso último dia de aventura, clicando no link abaixo!








Um comentário: