quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Jurassic Park




Depois de uma semana viajando pela "Terra do Nunca", as crianças do Plantão, ao entrarem no Colégio, ouviram ruídos estranhos e viram também pegadas enormes. Espalhadas por todos os espaços, cavernas misteriosas parecidas com as da pré-história!







Intrigadas com tanto mistério, as crianças exploraram todos os espaços à procura de mais informações sobre essas marcas deixadas no Colégio.










O que será que havia acontecido no final de semana enquanto descansávamos? Quem ou o que deixou essas pegadas e construiu as cavernas?
Mistérios...




Preparados com muita energia e curiosidade, lá foram eles! No caminho encontram muita lama, alguns obstáculos, uns adultos malucos e divertidos brincando com balões cheios de água!





Mas nada que os impedisse de continuar a busca para descobrir o que havia deixado as marcas misteriosas! Passaram a tarde procurando, procurando... E nada de encontrar mais pistas sobre o que havia acontecido no Colégio.
Quando de repente, bem no final da tarde, alguém apareceu gritando lá do parque...


Algo estranho havia sido encontrado... Fomos todos investigar! 
Olhares atentos... Um pouco de medo, mas muita curiosidade! O que será que havia acontecido no parque enquanto ouvíamos história?


Um ninho gigante com ovos foi encontrado! Sim, ovos! Mas do que? Melhor analisar!






E depois de muito observar aqueles três ovos misteriosos, as crianças tiveram várias ideias: colocá-los para chocar no galinheiro, fazer uma omelete gigante, procurar quem ou o que havia deixado aquele ninho no Colégio. E a última ideia foi aceita por todos. Com muito cuidado, todos ajudaram a acomodar o ninho na brinquedoteca e foram embora, pensando o que iria acontecer enquanto estivessem em casa.
No outro dia, assim que chegaram, as crianças foram correndo ver o que havia acontecido com os ovos!


E, para a surpresa de todos, um dos ovos havia desaparecido! Mais um mistério para ser desvendado!
Enquanto procuravam por todo o Colégio o terceiro ovo, as crianças encontraram uma pessoa diferente, parecida com a tia Sol, mas que se apresentou como Paleontóloga. Misturando algo que parecia um experimento, a Paleontóloga explicou às crianças que fora ela quem pegou o terceiro ovo, pois viu que ele estava com umas rachaduras e resolveu observá-lo melhor.


A Paleontóloga foi convencida pelas crianças a deixar o ovo junto com os outros no ninho. Mas quando foram devolvê-lo, mais uma surpresa! Um dos ovos havia rachado e de dentro dele havia saído...
Ninguém sabia!


O que sabíamos é que no Colégio haviam aparecido três ovos: um deles estava inteiro, o segundo estava rachando e o terceiro estava aberto e vazio! Procuramos por todos os lados, perguntamos para todos que passavam por ali.
E, no final da tarde, enquanto brincavam nas cavernas, as crianças ouviram uma voz estranha...


 De longe viram uma pessoa diferente, que falava e andava para todos os lados como se estivesse procurando algo!


Olá! Eu sou Piteco! Estava brincando aqui no domingo e esqueci três ovos naquele parque, vocês viram se alguém pegou? 
As crianças foram logo explicando o que havia acontecido... Piteco ficou preocupado e pediu ajuda a todos para procurar o seu "amigo" que havia nascido daquele ovo.



 Agora com mais um amigo no grupo do Plantão a tarde ficou mais divertida! Lá foram eles, atrás de pistas que levassem até o encontro do...


Super Dino! Que meio confuso, achou que todas aquelas crianças eram seus irmãos e tinham saído dos outros ovos. As crianças explicaram ao Dino o que estava acontecendo e, quando foram mostrar a ele o ninho com os outros dois ovos... Mais uma surpresa! Encontraram apenas cascas... Dino, Piteco e as crianças ficaram muito preocupados e saíram em busca dos outros irmãos de Dino que haviam nascido!


A busca levou algumas horas. Encontraram de tudo pelo caminho: bruxas, princesa, príncipe... 



E quando já estavam cansados de procurar e preocupados, pois o plantão de férias ia acabar e aqueles dinossauros iam ficar soltos pelo Colégio...
Piteco deu um grito! No meio do jardim as crianças viram algo mais verde do que as plantas! Era o segundo Dinossauro, que saiu correndo de medo das crianças. Nessa correria toda, Piteco deu mais um grito! Lá estava ele, correndo pelo parque, o outro irmão do Dino!
Ufa! Agora o Plantão pode acabar!
 Mas antes as crianças precisaram convencer a família de Dino e Piteco que eles precisavam ir embora, pois na segunda-feira todos os outros alunos voltariam para o Colégio e seria difícil explicar para todos o que havia acontecido na semana. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário