segunda-feira, 30 de julho de 2012

Fim das férias de julho: como será a volta do meu filho à escola?

Embora sejam mais curtas do que as férias de verão, as férias de julho também alteram a rotina das crianças e, ao voltar às aulas, elas têm que se adaptar novamente. O que não é, de forma alguma, motivo de desespero para os pais. O segredo é agir naturalmente para que o filho entenda que o retorno à escola é um acontecimento necessário e, sobretudo, que tem muitos pontos positivos!

Assim como no início do ano letivo, os pais não devem se antecipar tanto ao conversar com o filho sobre a volta às aulas. Quando faltar aproximadamente uma semana para isto acontecer, vale a pena chamá-lo para ajudar a organizar o material escolar ou apontar o lápis, por exemplo. Estas são pequenas ações que fazem com que ele vá se acostumando com a ideia e fique ansioso para usar seus materiais em sala de aula.

Ler e contar histórias para as crianças, especialmente nos últimos dias de férias, pode fazer com que elas se lembrem de quantas atividades gostosas têm na escola e se acostumem melhor com a ideia de volta às aulas.

Na última semana de férias é interessante que a criança volte, aos poucos, à sua rotina, indo dormir e fazendo suas refeições nos horários determinados pelos pais.

Por fim, é muito importante lembrar seu filho de que, indo para a escola, ele irá reencontrar seus colegas de classe e os professores que tanto gosta.

Com energias renovadas, ótimas expectativas e novos projetos para o segundo semestre de 2012, a Educação Infantil do CLQ aguarda a volta de seus alunos.



sexta-feira, 27 de julho de 2012

As crianças em contato com o meio ambiente

As crianças podem ser estimuladas a cuidar do meio-ambiente desde cedo. Confira algumas dicas que variam de acordo com a faixa etária do seu filho:

Crianças de 1 a 3 anos 

- Ao contar histórias, cite alguns animais que podem estar precisando da ajuda das crianças porque estão sendo ameaçados. Como, por exemplo, o lobo-guará, conhecido por ser o lobo mau, transformando-o assim em um personagem bom na história.
- Leve as crianças para tocarem árvores, sementes, flores, folhas, grãos de areia e  terra. Explique que tudo faz parte da "mãe natureza".

- Apresente diferentes animais e plantas a seus filhos. Para isso, vale levá-los a zoológicos, bosques, fazendas e sítios.


- Quando possível, envolva as crianças em atividades de plantio. Lembre-as de como é importante cuidar bem da muda (uma pequena horta, uma árvore ou uma flor) para que a planta cresça.


- Explique às crianças que elas devem fechar a torneira quando não estiverem escovando os dentes e que a luz deve ser desligada sempre que saírem do quarto ou do banheiro.


-Estimule seu filho a sempre usar os dois lados de uma folha quando estiver desenhando. 
 
Crianças de 4 a 6 anos

- Nesta fase, as crianças fazem muitas perguntas e gostam de saber de onde vêm as coisas (roupa, sapato, alimento, banho, brinquedo). Experimente contar histórias sobre o caminho percorrido de cada coisa até chegar à sua casa.

- Chame as crianças para caminhadas, peças de teatro, contação de histórias, filmes e outras atividades que falem sobre preservação da natureza.


- Monte com as crianças brinquedos de sucata e outros utensílios. Mostre a elas que muitas coisas podem ser reaproveitadas.


- Incentive seu filho a economizar água, diminuindo o tempo do banho. Brinque dizendo que estão participando de uma “competição de quem gasta menos água”.


-Espalhe pela casa desenhos que lembrem as atitudes que devem ser tomadas diariamente: apagar a luz, fechar a torneira, separar o lixo etc.


-Ensine seu filho a cultivar hortas em garrafa pet. 
 
-Uma forma divertida da criança aprender a aproveitar bem os alimentos e evitar o desperdício é levá-la para a cozinha na hora do preparo. Além disso, a diversão será garantida!


sexta-feira, 20 de julho de 2012

Brincar no inverno

Frio não é sinônimo de preguiça e nem de menos diversão! Confira algumas dicas de brincadeiras ideais para aqueles dias em que ficar em casa é a melhor opção. Aproveite as férias escolares e divirta-se junto com as crianças: 

Casinha
Lençóis, travesseiros, almofadas e cobertores podem se transformar em uma casinha aconchegante para as crianças. Para dentro dela, pratinhos, copos de plásticos, livros e até uma lanterna podem ser levados e deixam a brincadeira mais real!
É possível usar também cabanas prontas, que são mais fáceis de montar.
Entre na brincadeira, se divertindo com seus filhos dentro da casinha.

Massinha
Esse material permite que as crianças criem as mais diversas formas e personagens, usando a criatividade.

Sessão de cinema em casa
A melhor opção para os dias mais frios. Alugue o filme preferido do seu filho ou novos lançamentos, prepare a sala espalhando almofadas pelo chão e deixe o volume da TV um pouco mais alto que o normal... A diversão está garantida e ainda, com muito conforto!

Pinturas e exposição
Incentive as crianças a desenharem. Depois, convide-as para uma exposição, que pode ser organizada em um corredor, na garagem ou em uma sala sem muitos móveis.Os pequenos podem dar nomes aos seus desenhos, avaliarem qual obra é a sua preferida etc.

Leitura
Pegue livros e leia histórias para as crianças. Encontre uma maneira de tornar este momento ainda mais prazeroso: a leitura pode ser feita na rede, em almofadas ou no edredon.

Tinta e sucata
Organizeo evento no seu quintal, para evitar a bagunça dentro da casa. Separe embalagens de sabonete, pasta de dentes, garrafas, restos de lã, palitos de sorvete etc. Lembre-se também de fita crepe, tinta guache, pincéis e um pote com água para lavá-los e papel para pintar.
Deixe as crianças livres para pintarem ou construírem com as sucatas o que quiserem, usando assim, mais uma vez, a imaginação!

Ilustrativa

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Uma visita ao zoológico

Para estas férias de julho, o blog do CLQ está cheio de dicas de passeios para pais e filhos. Poucas experiências são tão significativas para os pequenos e para os adultos quanto uma visita a um zoológico. Ali, eles têm a oportunidade de apreciar a diversidade da fauna, criando um forte vínculo com a natureza.

Ainda que seu filho já tenha conhecido o Zoológico de Piracicaba, vale a pena levá-lo novamente acompanhado de um amiguinho, por exemplo. Não tenha dúvidas de que ele se divertirá revendo todos os animais e, quem sabe, reparando em alguns que não tinha visto da outra vez.

O Zoológico Municipal de Piracicaba abriga cerca de 500 espécies de diferentes animais, entre aves, répteis e mamíferos da fanuna brasileira e exóticos. O Zoo na avenida Marechal Castelo Branco, 426, e o horário de funcionamento é de terça a domingo, das 9h às 16h30.

É possível levá-lo também para um zoológico de outra cidade. O de Americana – a aproximadamente 32 quilômetros de Piracicaba – um dos mais conhecidos e elogiados na região. Está localizado no final da Avenida Brasil, nº 2525, no Jardim Ipiranga, e possui uma área de 120 mil metros quadrados. Atualmente conta com aproximadamente 500 animais (entre répteis, aves e mamíferos) de 100 espécies diferentes, sendo que mais de 80% deles pertencem à fauna brasileira. A visitação pode ser feita de terça a domingo, das 8h às 17h.

O Zooparque de Itatiba também é ótima opção, pois é considerado um dos maiores zoológicos do País. Em uma área de 500.000m2 com riachos e ilhas de mata bem preservada, é possível avistar desde rinocerontes do Brasil até cisnes. Dispõe de infraestrutura completa, com restaurante, lanchonete, loja de artesanato, playground para crianças,  passeio a cavalo e estacionamento grátis. O horário de visitação é, todos os dias, das 9h às 17h.

Para as famílias que têm a possibilidade de ir um pouco mais longe nestas férias, a dica é visitar o Zoológico de São Paulo, localizado na avenida Miguel Estéfano, nº 4241, Água Funda. O horário de visitação é de terça a domingo das 9h às 17.

Um bom passeio a todos!



Fontes:
http://www.zoologico.com.br/pagina.php?p=zoo
http://www.setur.piracicaba.sp.gov.br/website/index.php/zoologico-municipal.html
http://www.zooparque.com.br/

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Dicas e bons motivos para ir ao cinema

Assim como conferir um espetáculo de teatro, assistir a um filme é uma ótima opção de programa para os pequenos nestas férias de julho.

Seja na tela do cinema ou da televisão, assistindo a um filme, aprendemos a ver o mundo de outra forma. A história é contada não apenas por meio de palavras, mas também por imagens, sons e outros recursos que têm como principal objetivo despertar emoções.  

Além disso, os filmes também aproximam pais e filhos. Mais do que assistir a uma história juntos, eles poderão conversar sobre o assunto, rir e se emocionar.

Abaixo, estão alguns motivos e dicas para ir ao cinema com as crianças nestas férias, ou ainda, assistir a um bom filme em casa.

1 – A escolha
Pergunte a seu filho o que ele gostaria de ver, ou o que ele espera de um determinado filme. Assim ele começa a estruturar opiniões e expectativas.

2 – A observação
 Durante o filme, especialmente se estiver em casa, faça comentários sobre o que está sendo visto e ouvido. Comente sobre as roupas de personagens,  chame a atenção da criança para a música, os cenários etc.

3- A compreensão
Ao acabar o filme, converse com o seu filho sobre o que viram. O que ele achou? Gostou das personagens? Compartilhe também a sua opinião.

4 – O questionamento
Incentive seu filho a imaginar quem está por trás daquela criação. Por exemplo, como e por quem aquela animação foi criada? Mas, claro, respeite a idade da criança e tome cuidado para não exagerar nos questionamentos. A conversa deve ser espontânea.

5 – A pesquisa
Se o filme despertar algum tipo de curiosidade em vocês – a respeito de lugares, pessoas, períodos - convide seu filho a pesquisar sobre o assunto. Comece pela internet ou livros que tiver em casa.

6 – O complemento
Tenha em casa trilhas sonoras de filmes e lembre-o de que aquela música fazia parte de determinada história. 

7 – A emoção
Emocione-se com seu filho! Riam e chorem diante da tela. 



Fonte: Educar para crescer