quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Férias: por que é fundamental para as crianças

Não importa o quanto a criança se divirta e adore ir à escola, ela também precisa de férias! A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) estabelece que as escolas cumpram 200 dias letivos, com intervalos de férias de julho e de verão.

Mas ainda há quem se pergunte se essa pausa, de fato, tem importância. E a resposta é “sim”, por inúmeros motivos. O primeiro deles é que o descanso de vários dias seguidos permite fazer reflexões que a rotina diária naturalmente impede.

"A criança precisa se distanciar um pouco do ambiente escolar até mesmo para colocar em prática o que aprendeu ali dentro”, comenta a coordenadora Simone Montrazi.

Mas, claro, férias é também o período que a criança vai ter um tempinho a mais para descansar, para brincar e, sobretudo, para estar mais ao lado da família. O que é extremamente importante!

“Nas férias é interessante a criança se aventurar fazendo alguma receita na cozinha com a mãe; andar de bicicleta com o pai; levar o cachorro passear; sentar à mesa para fazer as refeições com todos da casa, se possível... Enfim, aproveitar ao máximo o momento que a família está passando junto", exemplifica Simone.

Claro, cada família tem sua rotina, seus costumes... Mas o importante mesmo é que as crianças aproveitem as férias da melhor maneira possível, recuperem o fôlego e possam voltar “renovadas” para a escola, dispostas a aprender sempre mais!

Boas festas!

Neste clima gostoso de férias, a equipe pedagógica da Educação Infantil do CLQ aproveita para desejar um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo para todas as famílias.

“Quero agradecer por mais um ano de união, de aprendizagem... Dizer que, assim como para as crianças, cada dia na escola é um dia a mais de aprendizado para nós, profissionais. Desejo a todos os alunos e seus familiares um Natal repleto de magia e alegria e que, em 2015, possamos nos reencontrar para novos projetos, para mais um ano de muitas amizades e realizações”, diz Simone.

“Fechamos mais um ano de trabalho muito satisfeitos e agradecidos. Obrigada a todas as crianças e pais que fizeram de 2014 um ano completo para nós. Desejamos um Natal cheio de paz, amor e união. E que 2015 chegue somente com energias positivas”, finaliza a diretora Taís Oetterer de Andrade.


sábado, 20 de dezembro de 2014

O esperado Acampadentro do G5!



“O Acampadentro está chegando e o que não pode faltar é alegria, emoção e ideias para brincar”!
Isso era “mais ou menos” o que dizia o cartaz elaborado pelos alunos dos Grupos 5 às vésperas do evento tão esperado do ano: o Acampadentro!





Olhinhos brilhantes, malas, travesseiros, bichos de pelúcia e muita ansiedade! Este foi o cenário em frente ao Colégio, na última sexta-feira. E não era para menos, eles esperaram o ano todo e o grande dia chegou!




Com o convite das professoras, os pequenos foram soltando das mãos de seus familiares e indo ao encontro de uma noite cheia de surpresas... Algumas lágrimas! Das crianças??? Não! Das mães aflitas por verem que os seus passarinhos cresceram e estão cada vez mais confiantes e seguros.



Estica, puxa, abre mala... Hora de arrumar a cama. Cada um organizando a sua cama e todos juntos arrumando o que virou um “colchão gigante” como eles mesmos diziam! Vamos dormir? Uns até que queriam, mas porque não imaginavam o que ainda estava por vir...




Um show de palhaços! No auditório, as crianças dançaram, pularam e riram muito na companhia dos palhaços Atchim, Tagarela e Piolhinha e também do Papai Noel.


Acabou o show, é hora de dormir? Não! Era a hora da aventura... Saindo do auditório outra surpresa: cadê o sol? cadê as luzes? O Colégio estava bem diferente do que eles conhecem no dia a dia: tudo muuuuuuito escuro! Havia uma única luz! A lanterna do Tio Robson que, junto com a tia Jacaré, conduziram a turma toda para uma caça ao tesouro especial: no escuro e à procura das lanternas que as crianças usariam num outro passeio.

Uns muito seguros, outros nem tanto. “Ai que medo! Ai que legal! Segura a minha mão? Vamos juntos? Olha, o nosso parque fica muito escuro à noite! Tia, eu vi um pássaro dormindo! Cuidado, um formigueiro! Você sabia que alguns animais não dormem à noite?” Assim foi o caminho todo até encontrarem o tesouro. Cada um com a sua lanterna, mais um desafio! Passeio pela floresta escura. Muitos obstáculos, alguns barulhos, muita coragem!



No final do passeio, uma paradinha para preparar visual para o desfile do pijama! De Hulk à borboleta, os pijamas fizeram o maior sucesso! Depois de dançar e pular muito, uma paradinha para o lanche. Todos alimentados e com os dentes brilhando, hora de ir para a cama! Ou para o colchão gigante...




A noite foi tranquila, e acordar no Colégio foi mais do que especial! A alegria e a emoção, desejadas desde o planejamento da atividade, fizeram mesmo parte desse momento incrível das crianças.

E para finalizar, o momento de reencontro com a família. Com muitos sorrisos e olhares de satisfação, por todos terem vivido mais uma experiência importante, que ficará para sempre no coração e na memória das crianças!






quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Projeto Profissões





No segundo semestre deste ano, as crianças do G4 tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre diferentes tipos de trabalhos, dentro do Projeto Profissões.
Além de saberem mais sobre as profissões dos próprios pais, os alunos conheceram o trabalho de outros pais e, também, de alguns funcionários da escola.

A professora Tathiana explica que, com o Projeto Profissões, a escola pensa em ampliar a percepção das crianças em relação às profissões. “Tudo começou a partir de uma roda, onde falamos sobre a profissão dos pais e perguntamos se eles sabiam o que os pais faziam profissionalmente. Depois, ampliamos para os profissionais do Colégio e entrevistamos o pessoal da limpeza, da manutenção”, conta.




“Dessa forma, eles conheceram um pouquinho dos profissionais da escola que eles nunca tinham visto. Descobriram, por exemplo, que a atividade que eles fazem em sala de aula vem da gráfica e muitas coisas mais”, acrescenta a professora Ana Cláudia.




Depois disso, os pais foram convidados a virem à escola falar sobre suas profissões. “Muitas crianças chamaram os pais, comentando que outros pais já tinham vindo. Para elas é muito importante o pai ou a mãe estarem aqui, em contato com a escola”, comenta Tathiana.



A professora Ana Cláudia conta ainda que foi interessante ver que as crianças se apropriaram de algumas perguntas que tinham feito aos funcionários da escola para fazerem também aos pais.

Depoimento de quem participou

Patrícia Veiga, bailarina e diretora artística de dança, mãe do Luis Gael, participou do projeto indo até o Colégio falar um pouco sobre o que faz. “É muito interessante conhecer um pouco mais de cada profissão, porque até mesmo nós, adultos, temos uma ideia básica sobre determinada profissão, mas nem sempre é assim... No meu caso mesmo, quis mostrar, entre outras coisas relacionadas à dança, os bastidores do teatro, figurinos, cenário, instrumentos... Levei também um bailarino e uma bailarina, mas quis deixar claro que a profissão não é só isso, envolve muita coisa”, destaca.
interessadas”, comenta.

















Ana Cruz, jornalista, mãe do Luca, comenta que pelo segundo ano participa desse projeto e que é encantador, principalmente por perceber o interesse das crianças. “Ao falar do jornalismo, expliquei para eles que entrevistar pais nesse projeto, como eles estavam fazendo, era ser um pouco jornalista também”, diz. Ela ainda conta que sugeriu a eles serem os entrevistados e os repórteres. “Expliquei e mostrei um pouco do que é ser jornalista, mas colocar eles para anotarem do jeitinho deles e serem entrevistados pelos amigos foi demais. Eles são muito participativos e inteligentes!”, concluiu Ana.



























Muito mais do que mostrar aos alunos um pouco sobre cada profissão, o projeto visa a interação família - escola, pois acredita que esta dinâmica é muito importante para o desenvolvimento da criança.