domingo, 31 de janeiro de 2016

É hora do lanche, que hora tão feliz!


Todo início de ano letivo as crianças encontram algumas novidades no Colégio: uma sala redecorada, brinquedos novos, mudanças no mobiliário...
Em 2016, além de diferentes ambientes, as crianças da Educação Infantil e 1os Anos do Ensino Fundamental foram recebidas com a novidade do lanche coletivo.



Ao invés de trazerem o lanche de suas casas, as crianças contam com um cardápio especial, preparado com muito carinho e com alimentos selecionados, adequados para a necessidade das crianças, contendo frutas, vegetais, sucos de frutas naturais, pães e bolos.



Acreditamos que além da família, a escola, exerce grande influência na formação dos hábitos e consumo alimentar das crianças.
Assim, com essa nova proposta, pretendemos ensinar as crianças a optar pelo melhor, instruindo sobre cada tipo de alimento e suas funções no organismo.
Além disso, a hora do lanche como parte integrante das atividades pedagógicas, é um momento de convivência e troca de experiências. A influência do grupo (dos outros alunos e professores) na escolha e aceitação de cada alimento é favorável e influencia na aquisição dos hábitos alimentares.
A novidade foi bem recebida pelas crianças! Tivemos um aumento no consumo de frutas e várias crianças provaram alimentos que antes rejeitavam!

O cardápio do primeiro mês foi disponibilizado aqui no Blog e também no site do Colégio. Qualquer dúvida ou sugestão procure a Coordenação Pedagógica do CLQ!


sábado, 30 de janeiro de 2016

Adaptação


"Não existe adaptação sem desejo, disponibilidade de se entregar ao risco de conhecer, fazer novo." - Madalena Freire.

O momento de entrada da criança na escola é muito especial e, por isso, traz consigo muitas emoções. Os sentimentos são variados - o medo do desconhecido, a curiosidade do novo, a incerteza da melhor escolha, a alegria de perceber o quanto seu filho cresceu, a ansiedade de tudo dar certo.
Para aqueles que já estão na escola, o desconhecido e o novo passam a ser outros – nova professora, novos amigos e um novo espaço físico.
No entanto, o sentimento dominante (para pais e filhos) é a forte emoção da separação... Nesse contexto, quanto mais confiantes e seguros os pais estiverem no processo de adaptação, mais tranquilos ficarão os filhos. As emoções, tanto dos pais quanto das crianças envolvidas na separação, são poderosas e precisam ser levadas em conta, respeitadas e entendidas.


E foi considerando isso que organizamos as nossas ações nessa primeira semana de adaptação. Uma semana voltada à escuta das necessidades de cada família e da descoberta das necessidades das crianças.
Cinco dias de grandes emoções, com algumas lágrimas e também muitos sorrisos. Do grupo 1 ao grupo 5, a arte, a música e a brincadeira permearam as tardes das crianças, trazendo conforto e alegria.




E a próxima semana vem aí, com mais novidades e, certamente, com mais sorrisos do que lágrimas, afinal...

“Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses.”

Rubem Alves


domingo, 24 de janeiro de 2016

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Contagem regressiva...


“Escola é o espaço do múltiplo. É o espaço das afirmações das singularidades para a constituição de um coletivo que faça diferença. E o que move esse grande projeto é o afeto e o respeito."
Marcelo Cunha Bueno



Entre papéis, brinquedos, tintas e muita expectativa estiveram as Professoras da Educação Infantil nessa semana para o tão esperado dia 25 de janeiro, quando retornam aqueles que completam esse cenário alegre e movimentado que é o Colégio.
Para os próximos dias, muitas atividades diferentes, brincadeiras, músicas, histórias - as dos livros e também aquelas que eles gostam de contar sobre as aventuras vividas nas férias.

Todos precisam de um tempo para adaptação, seja os que estão chegando pela primeira vez à escola, como também aqueles que são de "casa", mas que passam por mudanças de professoras, amigos e de espaço.
Diante do choro, da insegurança e do medo? Tenham calma! Conversem com os professores, estabeleçam parceria com a criança, procurem um espaço para chorar, acolham o choro da criança e a encorajem a seguir adiante! Não desistam, acreditem, tudo isso faz parte e passa!

Um excelente início de ano letivo a todos!

Equipe Pedagógica da Educação Infantil